A Singularidade do ser, em verso e prosa, de Paulo de Jesus

Singularidade do ser 1 001
A Singularidade do ser, em verso e prosa.

A singularidade do ser em verso e prosa.

Esse é o título de um livro que li nos últimos dias. Pelo título pode-se observar que se trata de obra mista. Uma parte é escrita em versos, poemas. Outra parte ver vazada em prosa, uma tentativa de inovação de parte do autor. É companheiro de lutas no grupo Escritibas na Rua, todos os domingos pela manhã na feira do largo da ordem. Nossa barraca fica em frente à Feira do Poeta, ao lado da casa Romário Martins.

Trata-se de uma obra de bom gosto. Suas poesias intercalam os vários gêneros poéticos. Entre elas é possível encontrar poemas mais leves, assim como outros em que o autor procura tratar questões profundas, filosóficas. Trata-se de autor versátil, que transita entre temas de diferentes níveis.

Singularidade do ser 2 001

A Singularidade do ser, em verso e prosa.

É sem dúvida uma obra que merece ser colocada em sua estante, lida e divulgada.

Na parte apresentada em prosa, temos pequenos contos. Também há crônicas abordando diversos temas, de modo semelhante ao teor das poesias.

Amigo Paulo, não deixe de escrever, pois a prática leva ao aperfeiçoamento. Vale a pena investir no assunto.

Singularidade do ser 3 001

A Singularidade do ser, em verso e prosa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recomendo a todos a leitura do trabalho de Paulo de Jesus.

 

Curitiba, 22 de agosto de 2015

Décio Adams

decioa@gmail.com

adamsdecio@gmail.com

www.facebook.com/livros.decioadams

www.facebook.com/decio.adams

@AdamsDcio

Telefone: (41) 3019-4760

Celulares: (41) 9805-0732 / (41) 8855-6709

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *