Arquivo mensais:dezembro 2015

Fantástico mundo novo! – Volume III – Recomeço em Orient – cap. 03 – Novas expedições exploratórias.

  • Novas expedições exploratórias.

  •  

    Os longos anos de entrevistas com Arki, haviam ensinado Mink a não tomar decisões apressadas. Convocou, para o período da manhã do dia seguinte, os dez membros iniciais, na verdade os chefes dos dez grupos. Em conjunto tomariam a decisão sobre a conveniência da implantação de uma colônia na região explorada pela expedição. Seria a primeira iniciativa de colonização e serviria de modelo para futuras colônias a serem estabelecidas em pontos mais distantes. Havia toda a questão de logística, de comunicação. Para começar, tentariam encontrar um caminho mais fácil. Se pudessem navegar até um ponto da costa, mais próximo da localização do lago, ficaria facilitado o transporte de material, suprimentos e equipamentos.

Continue lendo

Existe vida após a morte? (Reflexões sobre o Livro de Urantia).

Existe vida após a morte?

Vida após a morte

Vida após a morte! Uma eterna jornada rumo à Ilha do Paraíso.

Essa questão resume, em grande parte, as dúvidas de muitas pessoas durante a vida. É possível chegar a um acordo, minimamente aceitável, tomando a filosofia como base para estabelecer aos valores éticos e morais que norteiam a vida em comunidade, aceitar o término da vida sobre a Terra, como o fim de tudo. Mas é bem frustrante pensar dessa forma. Tanta luta, sacrifício, abnegação e reuncia, para terminar em um punhado de pó ou cinzas, em caso de cremação do corpo.

Por outro lado, nosso pensamento lógico, baseia-se sempre em um sistema de recompensa. O que eu ganho se eu cumprir todas as normas e regras, sem transgredir? Se a resposta for “nada”, ficamos, pelo menos, pouco satisfeitos. Se a pergunta for: O que eu perco se transgredir todas as normas e regras? Se a resposta for: “você vai para a prisão”, é possível ter alguma esperança de sair de lá, voltar a transgredir e ser esperto o bastante para não se pego em flagrante novamente.

Continue lendo

Fantástico mundo novo! – Volume III – Recomeço em Orient, Cap. 02- Explorando o território.

    1. Explorando o território

     

    Na manhã seguinte, depois de um sono agitado, que chegou a preocupar Edith, Mink levantou resoluto. Mesmo sem descansar direito, cuidou da preparação de uma expedição exploratória na região ao sul do local onde estavam sediados. Reuniu os líderes e lhes apresentou sua decisão. Os dez logo perceberam que ali havia o dedo de Arki. O anjo deixara de estar presente durante semanas, mas a atitude de Mink era típica de um dia depois da visita do amigo celeste. Suas ideias estavam mais claras e definidas. Parecia estar sintonizado com o anjo e isso lhe modificava o comportamento. As decisões eram tomadas facilmente. Dois dentre eles, se prontificaram a providenciar o necessário para a expedição. Era um casal, embora não formassem família, sempre que possível, atuavam juntos. Tinham entre eles uma estranha sintonia.

     

     

     

     

     

     

     

     

Continue lendo

Caminhando nas pegadas de Roque Gonzales, por Sérgio Venturini

Caminhando.

Caminhando nas pegadas de Roque Gonzales.

Caminhando nas pegadas de Roque Gonzales por Sérgio Venturini

Sérgio Venturini, professor da rede de ensino público do Estado do Rio Grande do Sul, lotado em escola na cidade de São Luiz Gonzaga. É natural de Ivorá, no mesmo estado. Sua formação é na área de História e Geografia. Alia à atividade magisterial a pesquisa histórica, especialmente no que tange às reduções jesuíticas, tanto no território brasileiro, como nos países vizinhos Paraguai, Argentina e Uruguai. É devoto do agora Santo Roque Gonzales de Santa Cruz, jesuíta nascido no Paraguai e fundador de um grande número de reduções nos quatro países. O resgate dos fatos históricos da vida do santo, é objetivo de Sérgio.

Continue lendo

Fantástico mundo novo! – Volume II – Capítulo XI – Chega o momento da partida

11. Chega o momento da partida.

Com a aceitação de novos adeptos da doutrina, a revelação trazida por Arki alcançou boa parte da população de Kibong e mesmo nas localidades próximas. O movimento constante de comerciantes, viajantes diversos, se encarregou de estabelecer o contato de muitos com os ensinamentos. Onde a mensagem encontrava eco em velhas lembranças, passadas através de inúmeras gerações, não tardava a estabelecer-se a sintonia. Os anos passaram e a aceitação entre o povo tornou-se cada vez mais intensa. Muitos adoradores de deuses de barro, fenômenos naturais e outras crenças, viram na fé em um Deus de amor, todo poderoso residente na Ilha do Paraíso, algo mais convincente do que seus ídolos.

Continue lendo

Gotas de Poesia… de um Jovem Poeta… (Marcos Coelho)

Gotas de Poesia de um jovem poeta

Gotas de Poesia… de um Jovem Poeta… por Marcos Coelho

Gotas de Poesia…

por Marcos Coelho.

Um jovem poeta e fotógrafo. Em seu livro encontrei uma coisa inédita, pelo menos para mim. Reuniu, em um só volume, uma bela coleção de poemas de sua lavra, com uma variada coleção de imagens, obtidas por sua câmera fotográfica. Imagens variadas. Temos desde gotas de chuva e orvalho sobre as folhas das plantas, objetos decorativos, paisagens, animais e frutas. Tudo está entremeado de belos versos.

Para completar, o mesmo volume contem os poemas na língua portuguesa e espanhola. De um lado começamos a ler em português, até a página 119, acompanhadas de lindas imagens. Fechamos o livro e o viramos, começando pelo outro lado, onde novas imagens ornamentam os versos, dessa vez em espanhol, também até a página 119.

gotas de poesía de un Joven Poeta

Gotas de Poesía… de un Joven Poeta Por Marcos Coelho

Quem não for apreciador de poesia, tem no livro um conjunto de belas fotos que, por si apenas, valem o custo da obra. Me ficou uma dúvida: o Marcos Coelho é mais poeta ou mais fotógrafo? Creio que posso dizer, sem medo de errar, que se trata de uma combinação, em justa medida de poeta/fotógrafo ou talvez de fotógrafo/poeta. Me inclino mais pela primeira denominação, pois ele faz poesia com suas imagens. Porém, pensando bem, também pinta imagens  com suas poesias e com isso chego à conclusão que é melhor considerar um honroso empate. 

Vale a pena ter em sua estante esse belo trabalho.

gotas de poesia de um jovem poeta - marcos coelho

Gotas de Poesia… de um Jovem Poeta (Marcos Coelho) – Dedicatória.

Décio Adams

decioa@gmail.com

adamsdecio@gmail.com

www.facebook.com/livros.decioadams

www.facebook.com/decio.adams

@AdamsDcio

Telefone: (41) 3019-4760

Celulares: (41) 9805-0732 / (41) 8855-6709

 

 

Nos piores momentos, os melhores encontros, (Benê Cantelli)

Nos piores momentos, os melhores encontros.

Por Benê Cantelli

Nos piores momentos os melhores encontros - benê cantelli.

Nos piores momentos, os melhores encontros de Benê Cantelli 

Benê Cantelli, reside em Dourados, Mato Grosso do Sul. Mantém uma coluna semanal no jornal da cidade. Traz em sua bagagem sólida formação religiosa, obtida em instituições católicas, inclusive no exterior. Pelo que diz, é católico praticante. Em sua coluna aborda assuntos, na maior parte das vezes de cunho ético/religioso.

Poderia alguém supor que sua formação fosse levar a textos de cunho catequético/pregador. Engana-se quem assim pensa. É categórico em apontar as falhas de todos os segmentos da sociedade. Por isso não perdoa os deslizes de membros da diversas confissões religiosas, nem tampouco deixa de apontar as qualidades, sejam elas de quem forem. É uma voz imparcial que se ergue, uma vez por semana, pelo periódico local. Pelo que pude perceber, sua coluna é ansiosamente esperada todas as segundas-feiras.

nos piores momentos os melhores encontros de bene cantelli

Nos piores momentos, os melhores encontros de Benê Cantelli  

O livro é uma coletânea dos artigos publicados em sua coluna, ao longo de vários anos, destacando, como diz o título, os melhores encontros, que ocorreram nos que eram, aparentemente, os piores momentos. É uma obra de profundo chamamento à reflexão, especialmente de todos os cristãos, especialmente nos momentos que vivemos atualmente.

O prefácio é de autoria do Bispo Dom Redovino Rizzardo, em que o mesmo louva as qualidades do autor, apesar de alguns puxões de orelhas que são dados aos integrantes da Igreja Católica Apostólica Romana. Sua palavras são firmes, mas ponderadas.

nos piores momentos os melhores encontros bene cantelli

Dedicatória de Benê Cantelli, no livro Nos piores momentos, os melhores encontros. 

Coração que sangra

Livro de poemas da lavra de Benê Cantelli. Tem o mesmo tema do livro, onde o autor derrama em versos suas convicções, dúvidas, temores, amores e toda sorte de sentimentos, menos ódio ou rancor. Estes não tem lugar no coração de Benê.

coração que sangra de bene cantelli

Coração que sangra de Benê Cantelli

Por seus textos eu soube que ele exerceu e ainda exerce, a mesma profissão que eu tive por mais de trinta anos. O magistério. Apenas divergimos no conteúdo, mas no labutar diário somos irmãos de caminhada. Eu estou aposentado e ele,  parece que ainda em atividade, mas próximo de alcançar o  merecido descanso.

Tanto um quanto outro são dignos de serem lidos, talvez até por quem não professe nenhuma religião, ou que esteja desencaminhado na vida. Irá encontra alguma coisa para ajudar a reencontrar o caminho para a luz.

coração que sangra de benê cantelli

Coração que sangra Benê Cantelli

 

Encontramo-nos no XIº Encontro de Escritores do Mercosul, realizado entre os dias 09 e 12 de outubro passado, na cidade de Puerto Iguazu, na vizinha Argentina. Passamos reunidos durante três dias, praticamente sob chuva constante, o que dificultou algumas atividades turísticas previstas no programa. Mas valeu a apena, pelo fato de conhecer uma variedade de escritores, de lugares nunca imaginados.

coração que sangra benê cantelli

Dedicatória de Benê Cantelli, no livro Coração que sangra.

 

Décio Adams

decioa@gmail.com

adamsdecio@gmail.com

www.facebook.com/livros.decioadams

www.facebook.com/decio.adams

@AdamsDcio

Telefone: (41) 3019-4760

Celulares: (41) 9805-0732 / (41) 8855-6709

 

Ramon e Juliana – de Adrião Neto

Ramon e Juliana

ramon e juliana de adrião neto

Ramon e Juliana de Adrião Neto

de Adrião Neto.

Um misto entre relato de viagens e romance, muito bem apresentado por Adrião Neto, da distante Teresina, Piauí. Ao percorrer suas páginas, tem-se a impressão de seguir com o personagem Ramon por uma sucessão de viagens pelo mundo. Descreve com tal riqueza de detalhes os lugares por onde passa, que temos a impressão de ver um filme passando diante dos nossos olhos.

Continue lendo

Os OVNI's podem ser anjos?

O que podem ser os Óvnis?

O Livro de Urantia, afirma em vários pontos que os seres celestes, são deslocados por transportadores, especialmente criados para essa finalidade. Esse transporte, muitas vezes, é feito em condições especiais, ficando o ser submetido a uma condição adequado, para poder ser transportado. Há, em cada planeta, um grande número de seres ditos intermediários, destinados a servir de ajudantes dos governantes planetários. Eles precisam se deslocar entre os diversos lugares do planeta. Para isso devem usar formas de transporte apropriado. Como tudo no universo é físico, isto é tem a ver com energia, força, potência, esses veículos devem ser velozes, capazes de executar manobras diversas.

Continue lendo