Sessenta e cinco poetas. Crítica literária poética escrita por Pedro Pires Bessa.

Sessenta e cinco poetas, capa e orelha 2 001

Pedro Pires Bessa

50  Poemas escolhidos pelo autor.

Acho que enveredei por um caminho um bocado difícil ao me impor a tarefa que estou tentando realizar. O amigo Aricy Curvelo me enviou o livro ” 65 Poetas” – Crítica Literária Poética, sobre uma coleção de 65 livros, publicados na década passada pelas Edições Galo Branco, hoje extinta. Nela, cada poeta de destaque escolhido no cenário nacional, escolheu em seu acervo, uma coletânea de 50 poemas, para serem publicados.

Pedro Pires Bessa, um especialista com ampla formação na área, empreendeu a tarefa de nos oferecer um breve resumo, bem como uma apreciação abalizada dessa imensa obra poética. Basta multiplicarmos 65 x 50 e obteremos 3250 poemas, dos diferentes autores. Cada um com suas características próprias, suas particularidades intrínsecas, seu estilo e formas poéticas de abordar vários assuntos.

Eu disse que a tarefa empreendida por mim era indigesta, pois não sou sequer formado em letras, quanto mais ter especialização, mestrado ou doutorado na área de literatura. Por isso, longe de mim a pretensão de escrever aqui uma crítica literária, a respeito de um livro, cujo objeto é “Crítica literária poética”, saído das mãos de um especialista.

É preciso ter preparo técnico, sensibilidade e espírito de poeta para conseguir entrar nos segredos de tão grande número de poetas. Extrair de sua obra informações sucintas, descrições precisas, versos típicos e assim nos oferecer um trabalho completo. Pedro P. Bessa, é cirúrgico em suas descrições. Não é cansativo em suas descrições e comentários. Se assim o fizesse, tornar-se-ia cansativo. Imagino apenas a enorme paciência exigida para ler, reler, dissecar as poesias uma a uma, separando o que é a essência do autor, depois colocar isso no papel, formando um livro de menos de 200 páginas. É requerida sem dúvida uma habilidade incomparável.

Sessenta e cinco poetas, dedicatória. 001

Dedicatória de Aricy Curvelo.

A princípio estranhei quando Aricy Curvelo me enviou esse livro, uma vez que não é se sua autoria. Correndo os olhos pela lista de autores existente nas primeiras páginas, descobri a razão. O de número 25 é exatamente ele, Aricy Curvelo, merecendo uma descrição especial de parte do autor do livro. Percebi que ele não queria ser por mim conhecido através de sua obra poética, porém pelos olhos críticos de um especialista. Percebi perfeitamente a intenção e isso despertou meu interesse em ler sua obra.

Ainda não terminei de ler todo livro, mas já passei bastante da metade, o que me permite ter uma noção clara do que esperar nas páginas que ainda terei pela frente. Em alguns outros livros enviados por amigos escritores, eu li, ou melhor devorei em pouco tempo. Nesse caso, é exigida maior atenção. A riqueza de detalhes trazidos por Pedro Bessa e tamanha que, não estando atento, passarão despercebidos. É com certeza um livro para manter ao alcance da mão, pronto para ser consultado em momentos de dúvidas. É humanamente impossível reter na memória tamanha gama de informações e minúcias ali apresentadas, relativamente ao trabalho poético de um tão vasto número de poetas.

Sessenta e cinco poetas, capa e orelha 1 001

65 Poetas, Crítica Literária Poética.

Um livro de inestimável valor para quem desejar vislumbrar o panorama poético nacional das últimas décadas de nossa história. Obrigado amigo Aricy e parabéns ao autor Pedro Pires Bessa.

Curitiba, 06 de junho de 2015.

Décio Adams

decioa@gmail.com

adamsdecio@gmail.com

www.facebook.com/livros.decioadams

www.facebook.com/decio.adams

@AdamsDcio

Telefone: (41) 3019-4760

Celulares: (41) 9805-0732 / (41) 8855-6709

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *