Ciência em busca de novas tecnologias.

Nova tecnologia ambiciosa pretende revolucionar os touchscreens (Telas sensíveis ao toque).

Tecnologia do fantasma.

Tecnologia do fantasma.

O FANTASMA é um ambicioso projeto de pesquisa, visando o desenvolvimento de tecnologia para permitir ao consumidor usar os dedos para arrastar objetos ou dados de dentro das telas touchscreen (telas sensíveis ao toque), trazendo-os para o mundo 3D. Interfaces altamente orgânicas, mudando de forma.

FANTASMA é criação de quatro universidades do Reino Unido, Holanda e Dinamarca. O projeto foi lançado em 2013 e os resultados podem ter impacto significativo em aplicações futuras.

O projeto prevê que no futuro poderemos usar as mãos para puxar objetos ou dados de dentro da tela dura e manipulá-los, suspensos no ar. Aqui está um detalhe importante. O aparelho vai sentir os dados como objeto físico, sendo manipulados no ar.

A equipe já atingiu uma série de avanços. Pesquisadores estão trabalhando em telas que podem mudar automaticamente de forma. É uma maneira de levar os objetos da tela para o ar, criando os “fantasmas” que você pode tocar e sentir.

 

Como você recebe os dados fora da tela?

De acordo com os pesquisadores, o fantasma é possível graças aos avanços alcançados na produção de telas deformáveis e tecnologia de levitação ultrassom. Uma vez puxados do mundo digital 2D, os objetos 3D podem ser manipulados.

“Não é apenas questão de deformar a tela, mas o próprio objeto digital que se deseja manipular, até mesmo no ar”, explicou o coordenador do projeto FANTASMA e da Universidade de Copenhague, Professor Kasper Nornbaek, num comunicado. “Através da tecnologia de levitação ultrassom, por exemplo, podemos projetar a tela para fora da tela plana. Graças a telas deformáveis, podemos mergulhar os dedos nela”.

 

Como você pode sentir um fantasma?

Os usuários serão capazes de lidar com objetos e dados de forma totalmente nova. Um neurocirurgião, por exemplo, poderia usar o fantasma para criar uma versão virtual do cérebro que poderá ser tocado e trabalhado antes da cirurgia, de acordo com os pesquisadores.

Os pesquisadores do projeto fantasma também estão trabalhando com esponjas e almofadas como interfaces deformáveis, que um músico poderia flexionar, para ajustar a velocidade, timbre e muito mais.

Embora a pesquisa fantasma ainda esteja relativamente na sua infância, ela já produziu uma série de protótipos intrigantes.

O protótipo “Emerge”, por exemplo, permite ao usuário extrair dados de um gráfico de barras a partir de uma tela, com as pontas dos dedos. Uma vez fora da tela, os dados podem ser manipulados com as mãos em padrões diferentes. Também permite discriminação individual, por fila ou coluna.

Morphees” é outro protótipo que utiliza dispositivos móveis flexíveis feitos com Lycra ou liga de monitores. Estes podem ser dobrados, esticados e mudar de forma automaticamente. Se o usuário precisa inserir os dados do cartão de crédito ou o número do seguro social, estando em uma área pública, a tela poderia dobrar-se automaticamente para proteger os dedos e assim não serem vistos por outras pessoas durante a inserção dos dados sigilosos.

Os usos potenciais de tecnologia fantasma são vastos. Por exemplo, se o usuário quiser assistir um filme em uma tela maior, o dispositivo pode “crescer” para um tamanho maior e, retornar ao normal uma vez terminado o filme.

“Amostras de objetos que mudam de forma enquanto você as está usando, provavelmente estarão disponíveis depois de uns cinco anos”, observou o Professor Hornbaek, em seu comunicado. “Se você quiser que o seu smartphone projete uma paisagem de um terreno a uns 20 ou 30 cm de distância fora da tela, é um pouco exagerado, mas nós estamos trabalhando nisso”.

Para ver os vídeos mostrando os protótipos de “fantasmas” em funcionamento, acesse o endereço abaixo.

Fonte: www.foxnews.com/tech/2015/07/09 (Allison Barrie).

 

Décio Adams

decioa@gmail.com

adamsdecio@gmail.com

www.facebook.com/livros.decioadams

www.facebook.com/decio.adams

@AdamsDcio

Telefone: (41) 3019-4760

Celulares: (41) 9805-0732 / (41) 8855-6709

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *