Arquivo da tag: # história.

Incursão ao futuro.

Pesquisa histórica no futuro.

Nos últimos dias me peguei pensando, procurando imaginar a vida de um pesquisador, daqui a um século, pouco mais ou menos, revirando os arquivos escritos, virtuais, ou sejam os meios então disponíveis, no afã de escrever sua Tese de Doutorado em história. Na sequência imaginei que ele tenha escolhido o período da história nacional, envolvendo as duas primeiras décadas do século XXI.

Continue lendo

Cruzeiros do Sul! – de Urda A. Klueger.

Cruzeiros do Sul, de Urda Alice Klueger, capa 001

Cruzeiros do Sul

Cruzeiros do Sul!

Romance histórico de Urda Alice Klueger, publicado, em segunda edição, pela Hemisfério Sul Editora.

A autora me brindou com um exemplar de sua obra. Confesso que, ao observar externamente, pouca atenção me despertou. Porém, bastou abrir e começar a ler o primeiro capitulo, para ficar inexoravelmente fisgado pelo conteúdo. Trata-se de um romance histórico, daqueles em que temos dificuldade imensa em perceber onde termina a história verdadeira e onde começa a ficção, se é que se trata de ficção. Consegue a autora traduzir com tamanho realismo a vivência de nativos (indígenas), colonizadores portugueses, holandeses, ingleses extraviados que por aqui aportaram, nas terras brasileiras, especialmente na região onde hoje está situado o estado de Santa Catarina.  Continue lendo

A Singularidade do ser, em verso e prosa, de Paulo de Jesus

Singularidade do ser 1 001
A Singularidade do ser, em verso e prosa.

A singularidade do ser em verso e prosa.

Esse é o título de um livro que li nos últimos dias. Pelo título pode-se observar que se trata de obra mista. Uma parte é escrita em versos, poemas. Outra parte ver vazada em prosa, uma tentativa de inovação de parte do autor. É companheiro de lutas no grupo Escritibas na Rua, todos os domingos pela manhã na feira do largo da ordem. Nossa barraca fica em frente à Feira do Poeta, ao lado da casa Romário Martins.

Trata-se de uma obra de bom gosto. Suas poesias intercalam os vários gêneros poéticos. Entre elas é possível encontrar poemas mais leves, assim como outros em que o autor procura tratar questões profundas, filosóficas. Trata-se de autor versátil, que transita entre temas de diferentes níveis.

Singularidade do ser 2 001

A Singularidade do ser, em verso e prosa.

É sem dúvida uma obra que merece ser colocada em sua estante, lida e divulgada.

Na parte apresentada em prosa, temos pequenos contos. Também há crônicas abordando diversos temas, de modo semelhante ao teor das poesias.

Amigo Paulo, não deixe de escrever, pois a prática leva ao aperfeiçoamento. Vale a pena investir no assunto.

Singularidade do ser 3 001

A Singularidade do ser, em verso e prosa.

Continue lendo